Páginas

.

DE VOLTA ÀS AULAS 2013

Muito obrigado por ter-se juntado a esta causa :)

GIL SEMEDO VISITA ALDEIAS INFANTIS SOS EM CABO VERDE

Primeiro encontro com as crianças!!!

MÃE ACOMPANHADA DOS FILHOS EM SÃO VICENTE

Participamos no desenvolvimento das comunidades fortalecendo famílias empobrecidas.

MOMENTOS FAZEM FAMÍLIA

Mãe SOS acompanhada da filha na Aldeia Infantil SOS Assomada.

SEJA MADRINHA OU PADRINHO SOS

Caro cidadão: você que é uma pessoa de bom coração aceite o nosso convite. Seja Madrinha ou Padrinho SOS.

Notícias

       Siga-nos através do Facebook       Programa Radiofónico Vozes SOS Online - 103.1 FM, sábado - 18 horas e Terça-Feira 10 horas (reposição)         Almoço convívio encerra curso de culinária em São Domingos         Alunos Luxemburgueses visitam Aldeia de São Domingos         Jardim Infantil SOS Assomada celebra Natal com pompa e cerimónias

09/07/2014

Alexandre Rocha distinguido no Curso Liderança e Inovação

No âmbito da sua participação na I Edição no Curso Liderança e Inovação na Gestão do Desenvolvimento, promovido pelo Instituto Pedro Pires – IPP, o Conselheiro Nacional para o Desenvolvimento de Programas das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, Sr. Alexandre Rocha foi seleccionado como um dos Top Tem, entre os 25 formados.
Como prémio o IPP, em parceria com a Bridgwater State University – BUS, decidiu oferecer ao grupo dos seleccionados, uma visita de estudo aos Estados Unidos da América de 4 a 22 de Julho, onde terão a oportunidade de aprofundar alguns dos temas abordados durante o curso e, ao mesmo tempo, visitar/encontrar com grandes personalidades daquele país, com destaque para o Presidente do FMI, Presidente do MCC, Senador Marc Pacheco, State House, Whaling Museum, Plymouth Plantation, etc.

04/07/2014

Embaixador da União Europeia visita Aldeias Infantis SOS Cabo Verde

O Embaixador da União Europeia em Cabo Verde, Sr. José Manuel Pinto Teixeira visitou na tarde do dia 1 de Julho os projectos da SOS Cabo Verde.
A visita iniciou-se na Direcção Nacional sito em Achada São Filipe, onde a comitiva foi recebida pelo Director Nacional das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, Sr. Dionisio Pereira fazendo um breve historial sobre o trabalho desenvolvido por esta Organização no nosso país. Seguiu-se a uma visita guiada para conhecer a Direcção Nacional. Depois a comitiva seguiu para a Aldeia Infantil SOS São Domingos, onde foram recebidos com o hino da União Europeia cantado pelas crianças daquela Unidade. 
O Director da Aldeia, Sr. Fernando Pinto fez as honras da casa, agradecendo a presença do Sr. Embaixador, dizendo que “ as portas estão sempre abertas para vos receber aqui para poderem conhecer de perto o trabalho que estamos a fazer”. E de seguida convidou a comitiva para ir visitar a casa familiar nº 5, casa Portugal.
Na casa de Portugal o Sr. Embaixador teve oportunidade de conhecer a casa e conversar um pouco com as crianças da casa e com a Tia SOS. De seguida foi-lhes oferecido um lanche. Para finalizar a visita o Sr. Embaixador, José Manuel Pinto Teixeira disse que “ gostei muito de conhecer de perto este trabalho que desenvolvem nas Aldeias Infantis SOS, em Cabo Verde. Tinha conhecido de vista por fora, mas agora pude constatar que possuem uma equipa jovem e que labutam com os seus próprios meios para poderem alcançar os seus objectivos, não dependendo do ciclo vicioso que muitas instituições caem nelas de pedir, pedir, pedir sem avançar. Fico grato por toda a hospitalidade que fui recebido aqui”.

Surpresa marca 20º aniversário do Director Nacional das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde

O Director Nacional das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, Sr. Dionísio Pereira, completou no passado dia 01 de Julho, 20 anos ao serviço das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde. 
E para que a data não passasse despercebida os colaboradores da Direcção Nacional e os do Centro de Intervenção Comunitária de Fonton e Kelém decidiram homenageá-lo logo pela manhã com uma surpresa que aconteceu na sala de reuniões da Direcção Nacional na presença também da Presidente da Fundação, Sra. Luísa Lobo. 
A Conselheira Nacional para os Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional, a Sra. Maria José Freire, parabenizou o homenageado do dia, Sr. Dionísio Pereira em nome dos demais presentes e aproveitou a ocasião para agradecer o belo trabalho que o mesmo vem desempenhando ao longos dos anos nesta organização. Ainda acrescentou que esperam que ele possa continuar por mais uns 20 anos.
O Director Nacional e homenageado, Sr. Dionísio Pereira avançou que “ fiquei mesmo surpresa com esta vossa atitude, estou a ver que o trabalho que tenho feito tem repercutido em todos e espero que sigam o exemplo também”. 
Após esta mensagem, os restantes participantes foram parabenizar o Sr Dionísio Pereira desejando-lhe sucesso no trabalho como sempre. 
Antes de saírem para um pequeno-almoço em conjunto houve tempo para a foto família com o homenageado. O dia terminou com um almoço conjunto na casa de hóspedes da Direcção Nacional oferecido pelos colaboradores. 

Aldeia Infantil SOS São Domingos realiza Gala Padrinho SOS

A Aldeia Infantil SOS São Domingos realizou no dia 20 de Junho no Salão Paroquial da Paróquia de São Domingos a sua Gala Cultural Padrinho SOS. Esta gala de homenagem é um gesto de reconhecimento pelos constantes apoios a causa SOS, marcados especialmente pelo zelo e muita colaboração da parte dos padrinhos parceiros e amigos SOS.
A gala iniciou com a actuação do grupo coral da Aldeia Infantil SOS São Domingos, segui a apresentação do vídeo institucional, actuação do grupo coral da Escola secundária “Fulgêncio Tavares” e batucadeiras da comunidade de Ribeirão Chiqueiro.
Seguiu-se a intervenção do Director da Aldeia de São Domingos, e do representante dos padrinhos homenageados, seguido do momento solene da homenagem aos padrinhos. A noite terminou com a actuação do grupo Bom Jardim, antecedido pelo grupo Herdeiros.

25/06/2014

Comemoraçao Dia das Aldeias Infantis SOS em Cabo Verde

As Aldeias Infantis SOS de Cabo Verde comemorou a 23 de Junho o Dia das Aldeias Infantis SOS, e também, este ano está a comemorar os seus 30º aniversário.  Para assinalar a data, realizou-se uma série de actividades num passeio que tiveram lugar na cidade de Tarrafal de Santiago. Actividades essas que tiveram a participação das crianças das Aldeias SOS de Assomada e de São Domingos, funcionários das duas Aldeias SOS, dos Centros de Intervenção Comunitários de Fonton, Kelen e Rincao, e trabalhadores da Direcção Nacional.
Dentre as actividades estavam incluído diversos jogos como dama, oril, jogos de cartas entre outros. Durante o passeio houve o convívio entre as crianças das duas Aldeias SOS presentes e os funcionários, almoço, sessão de fotos
Comemora-se o dia das Aldeias Infantis SOS em todo mundo em dia 23 de Junho,  data do aniversário do fundador, Hermann Gmeiner. Segundo ele  "toda grande obra no mundo só se torna realidade, quando alguém faz mais do que ele tem de fazer," por isso ele fez o que fez em implementar a sua ideia  Aldeias Infantis SOS. 
Participaram cerca de 190 pessoas incluindo crianças, jovens e colaboradores SOS.
Também em São Vicente o Centro Social SOS do Mindelo, realizou no dia 2 3 de Junho, um passeio a Baía das Gatas. Foi organizado uma serie de actividades dentre as quais, música e dança, jogo de ringue, futebol, etc. Para finalizar foi servido um almoço, para todos os convidados. A celebração contou com a presença dos colaboradores SOS, estagiários e internos do centro social.

10/06/2014

Centro Comunitário de Fonton organiza Feira de Saúde na comunidade

O Centro de Intervenção Comunitária de Fonton juntamente com as Associações Comunitárias Locais de Fonton, Meio d´Achada, Grupo “Fidjos de Cobom” e as instituições públicas e privadas parceiras do Centro, realizaram uma Feira de Saúde que beneficiou os moradores destas localidades no dia 24 de Maio das 09:00 às 15:00 em Fonton (espaço “Ferro Bedjo”), possibilitando desta forma o acesso aos Serviços de Saúde muita das vezes inacessível para os agregados familiares destas localidades.
Enquadrado nas actividades do mês de Maio dedicado à Família, adiantou a Coordenadora do Centro, Sona Cande “pretendeu-se com esta Feira de Saúde sensibilizar as populações sobre o estilo de vida saudável aliada a uma alimentação equilibrada”. Os serviços prestados foram despistes de patologias como:
-Hipertensão; Diabetes; Colesterol; Controle de Peso, Registo de Nascimento; Sensibilização sobre as Drogas; Saúde Sexual Reprodutivo; Saúde Oral, Cuidados com a Prevenção na Criação de Mosquito e Palestra sobre: Cidadania e Saúde Ambiental.
Para senhora Eugénia de Pina da Rosa, de 85 anos, moradora desta localidade foi das primeiras a serem atendidas na feira e disse que “é uma boa iniciativa é deve ser feito mais vezes, porque nós que estamos mais velhos, não tempo as vezes disposição, dinheiro para irmos aos centros de saúde ou hospitais. Aqui na comunidade esforçamos e viemos, estou feliz com a iniciativa. Quem também gostou da iniciativa foi, José Machado, “nesta zona médicos dificilmente vêem cá, e o acesso a consulta é sempre difícil, é sempre bem-vindas iniciativas do tipo”. A actividade teve boa adesão da comunidade

Bispo dom Arlindo preside celebração do 28º aniversário da morte do fundador das Aldeias Infantis SOS

A Aldeia Infantil SOS de Assomada acolheu na tarde de 26 de Abril uma celebração eucarística para assinalar o 28º aniversário da morte do fundador das Aldeias Infantis SOS, Hermann Gmeiner. A cerimónia, que normalmente acontece na Igreja Matriz da cidade de Assomada, este ano teve lugar nas instalações da Aldeia por ser um ano especial, conforme explicou o Director daquela Aldeia, José Rito Teixeira. “Todos os anos as mães organizam-se e mandam rezar a missa na igreja, mas, este ano, associando às comemorações dos 30 anos das Aldeias SOS em Cabo Verde, resolvemos associar as duas datas e trazer o bispo de Santigo, Dom Arlindo Furtado, que é uma pessoa que admira muito o trabalho das Aldeias SOS” disse. José Rito reforçou ainda que apesar da instituição ser uma ONG sem fins lucrativos, apartidária e não religiosa, a cerimónia foi organizada para homenagear a memória do seu fundador, que, enquanto pessoa, tinha uma fé cristã muito forte, defendendo sempre a componente espiritual na educação humana.
Dom Arlindo Furtado elogiou a iniciativa e mostrou a sua satisfação em presidir a cerimónia. Na ocasião, lembrou que o acto de filantropia de Hermann Gmeiner deve ser um exemplo para Cabo Verde e o para o mundo. “Estou aqui para mostrar todo o meu apreço e minha gratidão como cabo-verdiano, como pessoa humana e como pastor pelo tamanho bem que esse homem fez e por todo o processo que desencadeou, para que a sua boa ação continuasse no tempo e no espaço. É um acto que manifesta grandeza de alma e nobreza de espírito” concluiu. A missa foi animada pelo grupo coral A Aldeia Infantil de Assomada e contou com uma assistência repleta de mães, tias e filhos da Aldeia. A cerimónia terminou com a recitação da oração das Aldeias Infantis SOS, da autoria do fundador Hermann Gmeiner.

Mãe Anastácia homenageada na hora da despedida

Mães, tias e filhos da Aldeia infantil SOS de Assomada juntaram-se na tarde de 26 de Abril para homenagear Anastácia Rocha, no momento da sua despedida da casa onde trabalhou durante 30 anos.
Anastácia recebeu das mãos dos filhos uma recordação e foi felicitada por todos os presentes pela sua entrega e dedicação. Momentos de muita emoção que ficaram também marcados pelas palavras dos jovens que a tiveram como mãe. “A minha mãe ensinou-me muito.
Principalmente a saber conduzir a minha vida. Agradeço-lhe o amor incondicional que dedicou-me todos os dias da nossa convivência e tudo que ela fez por mim”, disse Adilson Veiga Cabral. Com a voz cheia de emoção Anastácia recomendou aos filhos que seguissem pela vida com o coração carregado de bons sentimentos. Para o Director da Aldeia de Assomada, José Rito Teixeira, com a reforma de Anastácia Rocha a casa perde uma importante figura. Uma das mães fundadoras com quem também ele, enquanto Director, aprendeu muito. “Uma mãe não se reforma nunca mas ela vai ter de partir. É uma mulher bastante corajosa e de muita fé. Afigura- se uma nova geração de mães que também têm as suas qualidades mas há coisas que quando se perde dificilmente se recupera”, explicou, reafirmando no entanto a manutenção dos laços que unem todo a aldeia a esta senhora tão especial. “Vamos ter saudades da mãe Anastácia. Estamos a perder um dos nossos pilares, mas vamos construir outros pilares para que a Aldeia possa rejuvenescer e continuar “concluiu.